Conheça o sistema de freio do seu Peugeot

O sistema de freios é um dos fatores essenciais para a sua segurança. Veja todos os detalhes deste mecanismo que conta com as tecnologias mais avancadas em matéria de segurança.

O SISTEMA DE FRENAGEM É O PRIMEIRO COMPONENTE DE SEGURANÇA DE SEU VEÍCULO

Mais do que simplesmente parar o carro dentro das condições normais de trânsito, o funcionamento do sistema de freios é fundamental. Isto explica por que, dentro do controle técnico, se ele for ruim, será submetido a um novo teste antes do reparo.

Princípio de frenagem

» Quando você pisar no pedal do freio, o cilindro mestre transforma o movimento em pressão hidráulica.
» Esta pressão se difunde por intermédio de um fluído incompressível (que não sofre compressão) nas quatro rodas.
» Para as rodas equipadas com freio a disco, o esforço aplicado no pedal provoca a ação das pinças hidráulicas, que apertam as pastilhas contra o disco.
» No curso do processo de frenagem, a energia cinética é transformada em calor por fricção.
» Para as rodas equipadas com freios a tambor, a ação sobre o pedal tem o efeito de separar duas lonas que entram em contato com o tambor.

IDENTIFIQUE OS DEFEITOS DO SEU CIRCUITO DE FRENAGEM

t1.gifQuando acender a luz de segurança no painel…
O nível do líquido é muito baixo ou as pastilhas são muito usadas. Seus freios podem ter uma pane total…

t2.gifOs freios estão aquecidos…
Os freios continuam apertados: eles estão aquecidos e têm risco de deixar você totalmente sem freio.

t3.gifO pedal está duro…
Deve fazer força ao frear: isto pode ser uma deficiência do servofreio, dos canos dos circuitos hidráulicos, dos cilindros das rodas…

t4.gif O veículo puxa para um lado…
O veículo se desvia: é possível que o cilindro da roda ou as pinças estejam emperrados ou ainda que falte pressão num pneu.

t5.gifRangido…
À menor solicitação, os freios rangem: é a indicação de um problema nos discos, nos tambores, ou nas lonas dos freios ou de uma peça solta ou quebrada.

t6.gifÉ mole…
O pedal do freio está mole e não tem resistência: você é obrigado a bombar o pedal do freio para poder frear. É um sinal evidente de uma anomalia grave do sistema hidráulico.

t7.gifVibração…
Na frenagem, o pedal dos freios, o volante e por vezes todo o veículo começa a vibrar: a vibração é ocasionada, provavelmente, por defeitos nos discos dos freios, de uma peça solta ou de uma folga excessiva dentro do eixo dianteiro.

 

 

fonte

Esta entrada foi publicada em Dicas de Manutenção com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s